5.6.06

Timor-Leste: textos importantes

31/05/2006 - 04h45
Austrália quer restabelecer força de paz da ONU no Timor
Sydney, 31 mai (EFE).
- O ministro da Defesa da Austrália, Brendan Nelson, defendeu hoje a criação de uma força de paz das Nações Unidas para manter a ordem no Timor Leste.O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, disse que, na sua opinião, a organização, que administrou o país entre 1999 e 2002, se retirou cedo demais.O Governo do Timor tem que avaliar se precisa de um Exército maior e como quer administrar a sua Polícia, afirmou Nelson. Ele acrescentou que a Austrália acredita no futuro do Timor e por isso dedica tanto apoio político, militar, econômico e diplomático ao país.Em Dili, o comandante das tropas australianas no Timor, Mick Slater, disse em entrevista coletiva que as forças internacionais estão trabalhando tanto com o presidente, Xanana Gusmão, quanto com o primeiro-ministro, Mari Alkatiri, para restaurar e manter a ordem.O comandante negou a informação publicada hoje pelo jornal australiano "Sydney Morning Herald" de que as tropas australianas tinham atirado para o alto ontem à noite, para dispersar grupos rebeldes.Slater garante que as tropas internacionais não deram um tiro sequer desde sua chegada ao país. Mas confirmou que os militares australianos usaram ontem gás lacrimogêneo para controlar os bandos, e pode voltar a lançar mão do recurso.